Jundiaí Crescendo na Crise

Leave a Comment
Jundiaí sempre foi famosa por oferecer uma qualidade de vida bem acima da média de outras cidades de igual ou até mesmo de maior porte.

Com uma boa infraestrutura, natureza privilegiada e um estilo de vida que ainda remete ao modelo de uma tranquila cidade do interior, Jundiaí passou a ser a menina dos olhos de muitos paulistanos que, principalmente nas duas últimas décadas, para cá estão migrando.

Esse fenômeno se intensificou a partir de 2014, depois da forte crise hídrica que deixou milhões de pessoas sem água durante muitos meses. Jundiaí é uma das poucas cidades do interior paulista que tem sua própria represa e pouco ou nada sofreu durante o período crítico que atingiu boa parte do estado.

A crise da água em São Paulo se reverteu em benefício para Jundiaí em plena crise econômica: Jundiaí não para de construir e contratar. O assunto ganhou destaque até no jornal Bom Dia Brasil, da Rede Globo (clique aqui para ver o vídeo).
Essa onda positiva na construção civil pode refletir em todos os segmentos, da arquitetura ao design de interiores, do comércio aos prestadores de serviços especializados.

Aqui no meu escritório começamos a sentir os efeitos dessa positividade do mercado. O número de contatos e consultas vem aumentando nos últimos meses, o que nos leva a ter boas expectativas para 2016.
A diferença deste momento para outros vividos anteriormente está no próprio cliente, mais participativo nos projetos e mais prático também. Nunca a expressão “tempo é dinheiro” foi tão verdadeira. A economia em tempo de obra e na durabilidade das soluções, é a exigência máxima.

Apesar de já contarmos com uma excelente infraestrutura e profissionais capacitados para atender essa possível demanda, o momento é de diversificar e estamos investindo em novos serviços, combinando nosso expertise e nossa rede de relacionamentos para apresentar soluções integradas que garantam mais agilidade e economia, principalmente na fase de acabamentos e design de interiores, para apartamentos, casas e salas comerciais. 

Assim como na crise hídrica, acredito que Jundiaí pode passar com segurança pela crise econômica. Em ambos os casos graças à nossa natureza e ao espírito criativo e empreendedor da cidade.

0 comentários:

Postar um comentário

Labels