Romance Funcional: Os Casais Na História do Design

Leave a Comment
Charles Rennie Mackintosh e Margaret MacDonald
A história do design moderno e contemporâneo não pode ser contada sem citar os casais que, com amor e muito talento, projetaram e construíram uma nova relação do homem com seu habitat.

Ray e Charles Eames
Tudo começou com Charles Rennie Mackintosh e Margaret MacDonald, fundadores da icônica Glasgow School e da Art Nouveau na virada do século 19 para o século 20. Depois, em meados de 1900, vieram duos famosos como Charles e Ray Eames, Aline e Eero Saarinen, Florença e Hans Knoll, que são lembrados por suas contribuições marcantes para a arquitetura e o design.

Aline e Eero Saarinen
Podemos incluir na lista parcerias de sucesso como a dos designers Anne Ferrieri e Giulio Castelli que resultou no nascimento de Kartell, Claude e François-Xavier Lalanne que influenciaram a escultura contemporânea, os arquitetos Anne Tyng e Louis Kahn e os interdisciplinares Quasar e Emmanuelle Khanh.

Anne Ferrieri e Giulio Castelli
Mesclando paixões e talentos, unindo o útil ao agradável, a fórmula continua a revelar uniões super criativas e produtivas. E quem pode resistir ao fascínio de um romance funcional?



Como duas metades de um todo, a designer gráfica Katy Taplin e o designer industrial Adriaan Hugo completam um ao outro. O trabalho deles na Dokter and Misses, misturando iluminação e mobiliário, surge da sensibilidade colorida de Taplin e das habilidades técnicas de Hugo. Sua premiada série "Kassena", uma linha de armários pintados à mão, ilustra perfeitamente o resultado desta síntese impressionante.



No dark side do design, Lauren e Christian Larson Swafford são conhecidos por seus móveis esculturais. O casal sediado em Nova York, com sua Material Lust, cria formas brutas com técnicas de produção surpreendentes e uma abordagem deliciosamente original.


Filho do icônico designer belga Maarten Van Severen, Hannes Van Severen tem modernismo no seu sangue mas seu potencial só veio à luz quando ele conheceu a artista Fien Muller. Ambos com formação clássica como escultores, fizeram sua coleção de estréia logo após o nascimento do primeiro filho.



Interessados no conceito mais que a função, o casal Sophie Mensen e Oskar Peet, do Studio Os & Oos, tem os pés na sutil fronteira entre arte e design. Habilmente executadas, suas peças trazem um renovado sentimento de admiração para o lugar-comum.



Alexander Groves e Azusa Murakami do Studio Swine transformam plásticos encontrados no Atlântico Norte em objetos de mesa coloridos, forjar conexões entre o passado e o futuro.



Vavara Guljajeva e Mar Canet estão juntos desde 2009 em uma relação de afeto que abrange a tecnologia e a arte. Como resultado, o desenvolvimento de métodos de produção é uma parte fundamental de sua prática comum, criando técnicas de fabricação pioneiras.


Fonte: Artsy

0 comentários:

Postar um comentário

Labels